E O NOSSO AMOR SOBRE O ALTAR


Tu podes imaginar
O quanto me fazes falta?
Quando vais pelo caminho,
Fico a lembrar
De nossas conversas,
Recortadas de risos
E de olhares meigos.
Quando voltas pelo caminho,
Fico a sentir tua voz,
Aqui bem junto a mim,
A convidar-me
Para um belo passeio!
E de mãos dadas
Saímos sem ter pressa,
Sempre ao sabor
Da brisa que nos acaricia.
Tu sabes que tua boca
É como um caqui?.
Então, eu provo
Os teus lábios tão doces,
Que me fazem flutuar!
Ah quanta beleza!
Esta nossa intimidade…
Este corpo fresco,
Estes cabelos desalinhados,
A cheirar as flores do campo!
Isto é sinônimo de felicidade,
Pois quando as pessoas se amam
Há grande transformação!
Então, temos a alma de fortaleza,
E o nosso amor sobre o altar.

Foto e texto: Mirian Valente

Comentários